JOÃO GOMES Faleceu

É toda uma geração SNTCT que vai desaparecendo,

vamos ficando mais pobres….

JOÃO GOMES

Faleceu

JOÃO GOMES

18/10/1923 – 08/01/2023

Carteiro Aposentado dos CTT – EDL(CDP) 1000

Membro da Comissão de Aposentados do SNTCT

1985 a 2016

O João, o nosso João, que nasceu e se criou em Britiande (Concelho de Lamego) há quase 100 Anos e que, como ele dizia “comeu o pão que o diabo amassou e foi curtido nas encostas do Douro”, era um homem vertical, íntegro e de firmes convicções. Era também um camarada e amigo de fácil trato, capaz de gestos que só os Homens grandes conseguem ter.

Sempre solidário o João não disse não ao seu Sindicato quando lhe foi pedido para integrar, em 1985, a Comissão Nacional de Aposentados do SNTCT criada nesse ano, o que coincidiu com a sua aposentação.

Desse ano em diante, com o Jaime Silva e o Augusto Martins, infelizmente já desaparecidos (e mais tarde com a sua companheira agora sua viúva Celeste Matias), o João foi presença diária na sede do SNTCT por mais de 25 anos até à data em que já com mais de 85 anos se “reformou da Comissão de Aposentados porque as pernas já se cansavam muito” como ele dizia com o seu ar sempre bem-disposto.

Um Homem que, depois de aposentado, se manteve 25 anos a deslocar-se diariamente para o Sindicato para dar resposta às questões dos Aposentados Sócios do SNTCT, recusando receber um tostão que fosse do mesmo (recusou até o pagamento do passe social), diz tudo do João.

É por tudo isso e porque era um querido camarada e amigo que lá estaremos todos(as), hoje e amanhã, a prestar-lhe a devida homenagem.

Até sempre Camarada João!

Lisboa, 9 de Janeiro de 2023

A Direcção Nacional do SNTCT

A Comissão Nacional de Aposentados e Reformados do SNTCT

________________________________________________________________________

O corpo do nosso Camarada João Gomes estará em câmara ardente a partir das 17H00 de hoje na Igreja de Nossa Senhora da Conceição Olivais Sul, Rua Cidade de Nampula, Olivais Sul – Lisboa. O funeral sairá da mesma Igreja amanhã, pelas 12H15 para o Crematório do Cemitério dos Olivais, onde será cremado pelas 13H00.

________________________________________________________________________

Abre aqui o comunicado em PDF » » » Faleceu o camarada João Gomes.

Até sempre Camarada Isabel!

Estamos mais pobres.

Partiu a nossa Isabel.

Isabel Vitória de Almeida Figueiredo

22-07-1943 – 06-01-20023

Aposentada dos CTT/Portugal Telecom

 

Secretária Geral do SNTCT

1978 a 1982 – 1991 a 1997

Presidente da Mesa do Plenário Nacional do SNTCT

1984 a 1990

Dirigente da CGTP-IN em diversos mandatos

 

 Abre aqui o comunicado em PDF » » » »  Até sempre camarada Isabel!

 

Uma Mulher de armas, firme nas suas convicções, arguta, inteligente, negociadora nata, uma figura incontornável da luta dos Trabalhadores e das Trabalhadoras portugueses em geral e dos Trabalhadores e das Trabalhadoras dos Correios e Telecomunicações em particular… e também uma Mulher/camarada/amiga de grande generosidade, solidária em todos os momentos e sempre atenta aos que a rodeavam com uma palavra amiga, um abraço e aquele sorriso que lhe era tão característico. Um ser de excepção que a lei da vida agora nos levou.

No SNTCT e entre os Trabalhadores e as Trabalhadoras dos Correios, Telecomunicações e Actividades Afins a Isabel, a nossa Isabel, será sempre recordada como uma das suas almas mater e figura incontornável da implantação, crescimento e vida do seu Sindicato bem como da sua Luta.

Até sempre Camarada Isabel!

 

Lisboa, 6 de Janeiro de 2023

A Direcção Nacional do SNTCT

________________________________________________________________________

Nota: O corpo da nossa Camarada estará a partir das 17 horas de hoje, dia 7/1/2023, na Igreja do Santo Condestável em Lisboa e o funeral terá lugar amanhã pelas 11H00 para o Cemitério de Benfica onde o enterro acontecerá pelas 11H30.

Encarregar-nos-emos de fazer chegar à família da nossa camarada as mensagens de condolências que nos forem enviadas para o email sntct@sntct.pt .

 

SNTCT – Boas Festas e um melhor Ano 2023

BOAS FESTAS E UM MELHOR 2023

 

A Direcção Nacional do SNTCT deseja a todos(as) os(as) seus(suas) Associados(as) e Trabalhadores(as) no activo ou aposentados(as)/reformados(as) das empresas de correios, de telecomunicações e das actividades afins, bem como às repectivas famílias, umas Boas Festas e um 2023 melhor que este que agora finda.

É também por isso que vos exortamos a, conjuntamente com todos os Trabalhadores em geral, quer Portugueses quer de todos os restantes Países (a quem estendemos estes votos de Boas Festas) a continuarmos a luta quer por melhores condições sociais e de trabalho quer por um Mundo mais justo, fraterno e solidário.

Apesar de todas as vicissitudes da época conturbada em que vivemos e do crescente ataque aos direitos e garantias dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, a luta tem que continuar nunca perdendo nós de vista que, se Mundo não pára a nossa luta também não pode parar.

Queridos(as) Camaradas, Amigos(as) e Companheiros(as) no  palmilhar da  longa estrada da vida e da dura luta dos(as) Trabalhadores(as), umas Boas Festa e um Bom Ano de 2023.

A Direcção Nacional do SNTCT.

SNTCT – A força de continuarmos juntos!

ISAC DE ANDRADE, DIRIGENTE HISTÓRIO DO SNTCT, FALECEU.

Estamos mais pobres!

ISAC DE ANDRADE

Faleceu

29/11/1929 – 23/11/2022

Ex-Dirigente Nacional e Regional(Madeira) do SNTCT

Carteiro Aposentado dos CTT

O Isac partiu e todos nós, no SNTCT e nos CTT, perdemos um amigo, um camarada e, sobretudo, um defensor acérrimo do bem-estar e dos direitos dos Trabalhadores.

Por motivos de ordem familiar (o ter de aguardar-se dos filhos imigrados na América) as exéquias fúnebres só terão lugar no próximo dia 29, dia em que completaria 93 anos de idade, sendo o seu corpo cremado pelas 10 da manhã no Cemitério de São Martinho, no Funchal. A Direcção Nacional do SNTCT já apresentou condolências à família e far-se-á representar na sua despedida.

Da Madeira, onde nasceu e viveu toda a vida, o Isac veio em 5 de Maio de 1974 para representar dos Trabalhadores dos então CTT-EP da sua Região na Assembleia Magna fundadora do SNTCT que se realizou em Lisboa.

Foi Dirigente Regional da Madeira desde sempre e Membro da Direcção Nacional do SNTCT desde 1986 até à data da sua Aposentação. Contribuiu activamente para a construção do Movimento Sindical Unitário nunca abandonando o seu Sindicato mesmo quando, como tantos outros, resistiu à intimação partidária para o fazer quando alguns queriam “partir a espinha” à CGTP-IN.

Obrigado Isac pelo que nos deste a todos. Obrigado por teres sido o amigo e camarada sempre presente nos dias bons mas principalmente nos dias menos bons. Partiste e de ti, embora continues presente, ficam-nos as saudades.

Até sempre camarada!

A Direcção Nacional do SNTCT

aBRIR AQUI EM FORMATO pdf » » » ISAC DE ANDRADE

 

FALECEU

JOÃO FIGUEIREDO

10/04/1944 – 13/07/2022

ESTAMOS MAIS POBRES

João Célio de Almeida Figueiredo

CRT APOSENTADO DOS CTT (ECC2 – CTC2N – CDC20) LISBOA

Associado 13522 do SNTCT

EX-DIRIGENTE REGIONAL E NACIONAL do SNTCT

Soubemos ontem da partida do nosso Figueiredo.

Foi a sua companheira de toda a vida (na foto ao seu lado, em 2018, nas Comemorações do 25 de Abril na Avenida da Liberdade) que nos ligou para nos dar a notícia e pedir desculpa a todos no SNTCT e aos colegas de trabalho do Figueiredo por não o ter feito antes (o que se percebe pois as últimas duas semanas têm sido bastante difíceis para ela e para os seus filhos). A toda a família deixamos aqui de novo as mais sentidas condolências.

Não estivemos por isso nas cerimónias fúnebres do Figueiredo mas, como ele diria do alto do seu pragmatismo e da sua militância e profunda amizade ao nosso Sindicato, foi como se lá tivéssemos estado.

Para muitos o seu nome não dirá nada mas o Figueiredo, na sua simplicidade de homem beirão (São Pedro do Sul) sempre foi uma das muitas pedras basilares nas sucessivas Direcções do SNTCT pelas quais passou, tendo preferido sempre manter-se “longe das luzes” mas sempre presente nos bons e sobretudo nos maus momentos pelos quais passaram o SNTCT, as suas e os seus associados e as Trabalhadores e Trabalhadoras Portugueses em geral.

Lutou até ao fim com a mesma dignidade e força mas não conseguiu vencer o seu último inimigo, na batalha que havia de levar do nosso convívio. 

Figueiredo, querido amigo e camarada, aqui te deixamos o abraço apertado de sempre e, disso podes estar certo, nas próximas comemorações do 25 de Abril e do 1º de Maio lá estarás ao nosso lado como sempre estiveste desde que a Liberdade chegou e para cuja chegada e implantação tanto lutaste.

Até sempre camarada!

5 DE MAIO – O SNTCT NASCEU HÁ 48 ANOS.

1974 – 5 de Maio – 2022

O SNTCT nasceu há 48 anos.

Chegou o dia 5 de Maio, o dia em que o SNTCT completa 48 anos de existência, de coerência, de fraternidade, de solidariedade,… mas também 48 de luta sempre em prol dos direitos, liberdades e garantias dos seus Associados e das suas Associadas e de todos os Trabalhadores e Trabalhadoras portugueses.
Ao longo destes 48 anos, gerações e gerações de dirigentes, delegados(as), activistas e associados(as) deste nosso Sindicato, o SNTCT, “O Sindicato”,  têm vindo a honrar os princípios fundadores decididos naquele dia 5 de Maio.
Temos honrado dessa forma a decisão tomada por aqueles mais de 10.000 Homens e Mulheres que, oriundos de todos os pontos do País, encheram naquele dia por completo o Pavilhão dos Desportos de Lisboa (hoje Pavilhão Carlos Lopes).
Homens e Mulheres que, naquele dia, conseguiam realizar o que há muito ambicionavam e pelo que muito tinham lutado: terem o Sindicato que o regime fascista lhes negara desde sempre até à Revolução de 25 de Abril de 1974 – Um Sindicato vertical onde coubessem todos os trabalhadores dos Correios e Telecomunicações.
Não podemos aqui escquecer, como é óbvio, os Homens e as Mulheres que em 1970 e 1971 constituiram as duas Comissões Pró-Sindicato e que, por força disso, foram perseguidos, prejudicados pessoalmente e profissionalmente e até presos pela PIDE-DGS, a polícia política do Estado Novo Fascista.
Nasceu assim o SNTCT.
Hoje, 48 anos volvidos, numa realidade diferente, num País diferente mas em que os problemas dos trabalhadores e os ataques de que são vítimas são os mesmos, a luta continua, o SNTCT continua o seu caminho.
Como tem sido demonstrado de toda a sua existência, principalmente ao longo do último ano, não existiram, existem ou existirão pandemias, ataques de gestores de empresa, ataques aos direitos dos Trabalhadores e das Trabalhadoras perpetrados pelo poder político – passado e actual – que nos parem e/ou nos demovam de seguirmos o nosso caminho sempre em defesa dos legítimos direitos e aspirações dos que representamos.
Caminho sempre trilhado seguindo os princípios de unidade e solidariedade, tendo sempre em vista a manutenção, conquista e a defesa de direitos dos(as) Associados(as) do SNTCT em particular e, repetimos, dos Trabalhadores e das Trabalhadoras portugueses em geral. Caminho que nunca foi, não é jamais será fácil de trilhar.
Hoje cumpre-nos saudar todos(as) os(as) 40402 homens e mulheres que ao longo destes 48 anos deram corpo ao mais antigo e consequente projecto sindical dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos correios, telecomunicações e actividades afins.
“Contra ventos e marés” o SNTCT, o Sindicato, é, foi e será sempre a melhor protecção dos Trabalhadores e das Trabalhadoras dos Correios, Telecomunicações e Actividades Afins e dos seus direitos e bem-estar social e laboral.
Viva luta dos Trabalhadores e das Trabalhadoras dos correios, telecomunicações e actividades afins e de todos os Trabalhadores e de todas as Trabalhadoras portugueses unidos em torno do projecto sindical consubstanciado na CGTP-IN.
Viva o SNTCT!
SNTCT – A força de continuarmos juntos!

1° DE MAIO – DIA DO TRABALHADOR

1° de Maio

DIA DO TRABALHADOR

SNTCT PRESENTE EM TODAS AS COMEMORAÇÕES PROMOVIDAS PELA CGTP-IN UM POUCO POR TODO O PAÍS.

Neste 1° de Maio, o Dia do Trabalhador que comemoramos em luta sob o lema LUTAR E CONQUISTAR PARA O PAÍS AVANÇAR, estaremos na rua exigindo, para os Trabalhadores e as Trabalhadoras Portugueses e para os(as) dos Correios, Telecomunicações e Actividades Afins;

– MAIS SALÁRIO, digno e que respeite as qualificações profissionais e reponha o poder de compra perdido;

– 35 HORAS de trabalho semanal para todos(as) os(as) Trabalhadores(as) Portugueses(as);

– EMPREGOS COM DIREITOS e melhoria das condições sociais que passam, por exemplo pela manutenção e melhoria da assistência na saúde como são os casos da IOS-CTT e da ALTICE ACS;

– CONTRATAÇÃO COLECTIVA para todas as Empresas onde não existem (no nosso caso, em concreto,  por exemplo, na DHL Express, DHL Parcel, DPD, NOS, Vodafone, Intelcia, nos diversos Call Centers, … … …) e o fim, definitivo,  da caducidade dos Contratos Colectivos;

– SERVIÇOS PÚBLICOS de qualidade que dêem resposta às cabais necessidades dos Portugueses e que, no caso dos Serviços Postais, regressem à esfera do Estado com a renacionalização dos CTT.

Amanhã, lá estaremos todos(as), nas comemorações em luta promovidas pela CGTP-IN um pouco por todo o País, de braço dado com todos(as) os(as) Trabalhadores(as) Portugueses em Lisboa, no Porto, em Coimbra, … (abrir o seguinte link para ver os locais e actividades);

http://www.cgtp.pt/cgtp-in/areas-de-accao/accao-reivindicativa/17434-todos-ao-1-de-maio-programa

SNTCT/CGTP-IN – A força de continuarmos juntos todos os dias!

25 DE ABRIL, SEMPRE!

25 DE ABRIL, SEMPRE!

SNTCT – A FORÇA DE CONTINUARMOS JUNTOS TAMBÉM A CUMPRIRMOS ABRIL!

Amanhã todos(as) à rua para, juntos com com a CGTP, as suas Uniões e os seus Sindicatos, participarmos nas comemorações da Revolução de Abril que vão acontecer um pouco por todo o País.

A revolução de Abril constituiu um momento ímpar da história do povo português, um acto de emancipação social e nacional.

O 25 de Abril é a data em que celebramos a liberdade, a democracia e os seus valores, com os olhos postos no futuro de um Portugal que se quer desenvolvido e soberano.

Neste dia, o povo e os trabalhadores demonstram a sua vontade em continuar a lutar por melhores condições de vida e de trabalho, pelo avanço nos direitos, pela valorização dos trabalhadores, afirmando os valores de Abril por um Portugal com futuro.

As comemorações populares do 25 de Abril, como é tradicional, vão decorrer, por todo o país, com a participação dos sindicatos e uniões da CGTP-IN.

CGTP-IN
23.04.2022″

SNTCT – A força de continuarmos juntos!

PERDEMOS A DANIELA

ESTAMOS MAIS POBRES

MARIA DANIELA VIEIRA CARDOSO

FUNCIONÁRIA DO SNTCT

FALECEU

7-2-1957 – 17-04-2022

Foi com consternação que ontem nos chegou a notícia; a partida da Daniela, a nossa Daniela, funcionária do SNTCT desde 1 de Junho de 1976.

Faleceu ontem pela manhã não tendo conseguido vencer a batalha contra a doença que a vinha a assolar nos últimos dois anos.

Funcionária Administrativa desde sempre no apoio aos Advogados do SNTCT, a Daniela foi durante todos estes  anos o elo de ligação dos associados do SNTCT ao Gabinete Jurídico, função que exerceu sempre com um profissionalismo e dedicação a toda a prova.

Pelas sua mãos passaram os milhares e milhares de processos, de ordem disciplinar ou não, que ocorreram desde 1976. A Direcção Nacional do SNTCT que se fará representar nas cerimónia funebres já apresentou, em seu nome e de todos os associados do SNTCT, quer no activo quer aposentados/reformados, as mais sentidas condolências à família da Daniela.

Fica-nos a saudade, a gratidão e a memória de quem sempre aqui esteve, ao nosso lado, nos dias bons e nos menos bons pelos quais passámos nas últimas quase cinco décadas.

Até sempre Daniela.

A Direcção Nacional do SNTCT

 

Nota: A esta hora ainda esperamos que a família nos diga quais os pormenores relativos às cerimónias fúnebres. Logo que posível deixaremos aqui nota.

 

COMUNICADO SNTCT MESA DA ASSEMBLEIA GERAL 1-2022

ASSEMBLEIA GERAL DO SNTCT

7 de Maio de 2022

em

GUARDA

CONVOCATÓRIA

 

Abre aqui o comunicado em PDF » » » 2022_01 SNTCT MESA DA ASSEMBLEIA GERAL

Nos termos dos Artigos 54.º, 55.º alínea J, 56.º Ponto 1.º, 57.º e 58.º dos Estatutos do SNTCT, publicados no BTE, 1.ª S, nº 4 de 29 de Janeiro de 2007 e das alterações introduzidas e publicadas no BTE, 1ª Série, nº 21 de 8 de Junho de 2015, bem como do Regulamento da Assembleia Geral que lhe é anexo, convoco os associados do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações a reunir em Assembleia Geral, em primeira convocatória, no dia 7 de Maio de 2022, pelas 14 horas, no Auditório da NERGA – Núcleo Empresarial da Região da Guarda, Parque Industrial, Lote 37, 6300-625 Guarda, com a seguinte ordem de trabalhos:

  1. Discussão e deliberação sobre o Relatório de Actividades e as Contas de 2021;
  2. Discussão e deliberação sobre o Plano de Actividades e o Orçamento para 2022;
  3.  Diversos

Não estando presentes a maioria legal dos associados à hora indicada, ficam os associados convocados a reunir em Assembleia Geral meia hora depois, em segunda e última convocatória, no mesmo local e com a mesma ordem de trabalhos, funcionando a Assembleia Geral com qualquer número de associados presentes.

Nota: Ainda devido à necessidade de observarmos todas as medidas de protecção definidas no combate à Pandemia provocada pelo Covid-19, os associados que participarem nesta Assembleia devem vir munidos de máscara de protecção e respeitarem rigorosamente a organização de lugares pré-estabelecida na sala onde a mesma terá lugar.

Lisboa, 7 de Abril de 2022

                                                                      O Presidente

                                                   da Mesa da Assembleia Geral do SNTCT

                                                           António José Gouveia Duarte

________________________________________________________________________

NERGA – Núcleo Empresarial da Região da Guarda

(Auditório)

Parque Industrial, Lote 37

6300-625 Guarda

PARTICIPA!

Iremos organizar transportes em autocarro de aluguer (de que comparticiparemos 80% do custo) a partir das diversas regiões onde o número de interessados o justifique. Abriremos antecipadamente as inscrições para o efeito.

Atenção: Onde pelo número de inscritos não se justificar o aluguer de um autocarro qualquer outro tipo de comparticipação nas despesas de deslocação será analisada caso a caso mas, sempre, tratado antecipadamente sem o que não haverá comparticipação.

ATENÇÃO – MUITO IMPORTANTE

MEDIDAS PROTECÇÃO COVID-19

Ainda devido à necessidade de observarmos todas as medidas de protecção definidas no combate à Pandemia provocada pelo Covid-19, os associados que participarem nesta Assembleia devem vir munidos de máscara de protecção e respeitarem rigorosamente a organização de lugares pré-estabelecida na sala onde a mesma terá lugar.

SNTCT – a força de continuarmos juntos!

www.sntct.pt

www.facebook.com/sntctwww.instagram.com/sntct7 –  https://twitter.com/SNTCT

1 2 3 7