43º ANIVERSÁRIO DO SNTCT

Há 43 anos atrás, poucos dias após a Revolução de 25 de Abril de 1974, a Revolução dos Cravos, os trabalhadores dos Correios e Telecomunicações conseguiram cumprir o sonho da criação do seu Sindicato, criaram o SNTCT.

Hoje, 43 anos depois, ainda faltam cumprir muitos do ideais de Abril e da Constituição da República que dele saiu, nomeadamente no que concerne à valorização do trabalho, aos diretos sociais, e à valorização integral dos portugueses e das portuguesas quer no plano individual quer no plano colectivo.

No plano das empresas do Sector das Comunicações, Telecomunicações e Actividades Afins, ainda muito há para conseguir no plano da contratação colectiva e dos direitos dos trabalhadores e, muito luta nos aguarda para defender tudo aquilo que conquistámos nestes 43 anos e que tantos ataques tem sofrido.

Deixarmos aqui uma calorosa saudação a todos os homens e todas as mulheres que ao longo deste tempo ajudaram a construir o SNTCT com a sua dedicação, empenho e militância. Nós vos saudamos!

E, para terminarmos esta breves palavras, nada melhor que fazê-lo com o lema que nos tem guiado desde há muito tempo,

SNTCT – A força de continuarmos juntos!

Viva o SNTCT!

GREVE CALL CENTERS – 28 MARÇO 2017

 

GREVE DOS TRABALHADORES DOS CALL CENTERS
Adecco – Manpower – Vertente humana – Randstad – Grupo Egor – Talenter
NO SECTOR DE COMUNICAÇÕES E TELECOMUNICAÇÕES
Está a decorrer a luta, Greve Geral, dos trabalhadores e das trabalhadoras dos Call Centers, discutida com os trabalhadores e decretada pelo SNTCT.
Para quem duvidada da sua força e determinação na luta por melhores salários e contra a precariedade do seu trabalho, e para quem andou a tentar desmobilizá-los, aí está a resposta.
A imagens anexas são da concentração junto ao Edifício MEO/PT na Av. Afonso Costa, em Lisboa.
Ás 14 horas estarão concentrados na Av. da República, junto à Randstad, e às 15H00 vão integrar a Manifestação de Jovens Trabalhadores da CGTP-IN.
SNTCT – A FORÇA DE CONTINUARMOS JUNTOS!
A LUTA CONTINUA!

Comunicado SNTCT Call Centers 2-2017

AOS TRABALHADORES DA MANPOWER
A PROPÓSITO DA GREVE DECLARADA POR OUTRA ORT PARA O DIA 22 DE MARÇO DE 2017 NOS CALL CENTERS E BACKOFFICE DA PT-MEO, NO PORTO E SANTO TIRSO *)

Abra este link para aceder à versão PDF deste comunicado:SNTCT CALL CENTERS 2-2017

O SNTCT saúda a decisão dos(as) trabalhadores(as) da Manpower em serviço nos Call Centers e BackOffice da PT-MEO, respectivamente no Porto (Tenente Valadim) e em Santo Tirso, em continuarem a sua luta por salários justos e para que, a cada posto de trabalho permanente, corresponda um contrato efectivo.

O SNTCT, firme nos seus princípios e pondo os interesses e a luta dos trabalhadores e das trabalhadoras sempre em primeiro lugar, valoriza esta tomada de posição e está solidário com a mesma, exortando todos(as) os(as) trabalhadores(as) a aderirem às formas de luta já aprovadas, nomeadamente esta GREVE.

Estes(as) trabalhadores(as), muitos(as) deles(as) a darem a cara (neste caso a voz e o nome) há mais de uma década à PT/MEO (na prestação de um serviço por todos reconhecido de alta qualidade e, não reconhecido por todos, mal remunerado), têm que ver a sua situação alterada.

A CADA UM DOS SEUS POSTOS DE TRABALHO DEVE CORRESPONDER UM VÍNCULO DE TRABALHO EFECTIVO NAS EMPRESAS PARA AS QUAIS PRESTAM EFECTIVAMENTE SERVIÇO.
SEJAM ELAS A PT/MEO OU OUTRO DOS OPERADORES DE COMUNICAÇÕES E TELECOMUNICAÇÕES

*) Atenção: Esta greve não prejudica a Greve Geral de 28 de Março declarada pelo SNTCT para as empresas Adecco – Manpower – Vertente humana – Randstad – Grupo Egor – Talenter
SNTCT – A força de continuarmos juntos!
www.sntct.pt – www.facebook.com/sntct

1 2 3 4