Comunicado SNTCT Call Centers 2-2018

call02

OS TRABALHADORES DOS CALL-CENTERS
EM GREVE NO DIA
28 DE MARÇO
No sector de comunicações e telecomunicações

NÃO HÁ VOLTA A DAR
A PRECARIEDADE E BAIXOS SALÁRIOS SÃO PARA ACABAR

Os trabalhadores vão lutar:
• Por aumentos salariais
• Pela valorização do trabalho
• Pelo fim do seu vínculo precário
• Por melhores condições de trabalho
• Pela integração nos operadores onde prestam serviço

Abre aqui o comunicado em formato PDF » » » 2018-2 CALL CENTERS

A precariedade do emprego é um instrumento de chantagem e de assédio moral sobre os trabalhadores que visa limitar o exercício dos direitos laborais e as reivindicações por melhores salários e condições de trabalho, tendo como objectivo baixar os custos do trabalho e dispor de mão-de-obra facilmente descartável de acordo com as conveniências do patronato.
A luta vai ser necessária para por fim à mão-de-obra barata e sem direitos, por mais e melhor emprego e condições de trabalho passa, necessariamente, pela participação, acção e luta dos trabalhadores, só assim é possível alterar a actual situação.
Para combater a precariedade é necessário:
• Terminar com as normas gravosas do código do trabalho, nomeadamente as medidas que promovem os despedimentos e fomentam a precariedade.
• Que a cada posto de trabalho permanente corresponda um vínculo de trabalho efectivo.
• O fim da subcontratação e do aluguer de mão-de-obra seja no privado ou no público.
A contratação colectiva e um instrumento dos trabalhadores para garantir mais e melhores direitos. NÃO ABDICAMOS DELA!

Este pré-aviso abrange os trabalhadores das empresas: Adecco – Manpower – Vertente humana – Randstad – Grupo Egor – Talenter – Kelly Services – Contact

Os trabalhadores devem sindicalizar-se no SNTCT para realizarmos eleições de delegados sindicais e formarmos as comissões sindicais de empresa, trabalhador sindicalizado é um trabalhador mais protegido!
28 MARÇO
MANIFESTAÇÃO
Cais do Sodré
Assembleia da Republica

A LUTA CONTRA A PRECARIEDADE VAI CONTINUAR!

Visita a pagina do SNTCT em www.sntct.pt

sntct – a força de continuarmos juntos!