Comunicado SNTCT Correios 2-2018

Sem Título

TNG
DEFENDER O FUTURO DA TUA EMPRESA É, TAMBÉM, RESPONSABILIDADE TUA.
Constatares os problemas e as injustiças não chega.
TENS DE AGIR!
23 Fevereiro 2018
GREVE GERAL

Abre aqui a versão PDF deste comunicado » » » 2018_2 CTT CORREIOS

• Dás o teu melhor e ultrapassas situações impossíveis ao balcão – NUNCA CHEGA!
• Cumpres os objectivos e dás a cara por todo e qualquer produto – NUNCA CHEGA!
• Fazes trabalho bancário e desdobras-te nas actividades postais – NUNCA CHEGA!
• Trabalhas para além da hora e prejudicas o teu descanso e laser – NUNCA CHEGA!
• Nas promoções por mais que faças e te superes, só vês outros subir – NUNCA CHEGA!
• És exemplar no trabalho mas há sempre quem te diga que não chega – NUNCA CHEGA!
Quando já só existem menos de 600 Estações de Correio, ainda querem fechar mais. Provavelmente as que não têm balcões do Banco CTT.
Faltam trabalhadores, a sobrecarga é enorme sobre os que restam e ainda querem ver-se livres de mais 800? Só se for para fecharem as portas.
No que concerne às Estações de Correio é flagrante a “poupança” principalmente no número de trabalhadores, mas não só. Procuram assim esconder a realidade; que o que tem desequilibrado as contas dos CTT são as assessorias, contratações com chorudos ordenados e investimentos no Banco CTT.

ENTRETANTO, NAS ESTAÇÕES DE CORREIO, NINGUÉM O PODE IGNORAR:
• Acontecem deslocações sistemáticas e abusivas de trabalhadores. Colocaram o pessoal dos CARC’s só para pouparem nos custos dos passes sociais mas continuam a deslocar gente todos os dias. Acontece porque os trabalhadores se calam e, muitas vezes, a gestão continua na senda de alterar horários de trabalho em cima da hora e sem o pré-aviso que a Lei exige;
• Os trabalhadores vão tendo cada vez mais dificuldades em lidar com os conflitos e as reclamações dos utentes/clientes, quer em relação ao serviço nas Estações quer em relação à Distribuição. A falta de protecção ao balcão e de apoio de retaguarda, as ordens mal explicadas e a responsabilização excessiva dos trabalhadores de balcão quando conjugada com trabalho feito à pressa e excesso de anotações necessárias para muitas operações, raia em muitos dias o impossível;
• As pressões, de toda a espécie, sobre os trabalhadores das Estações raia o assédio moral. Nunca chega mesmo que se cumpram os objectivos. O crescimento do número de casos de estafa física e psicológica que tem vindo a ser uma constante.
• A falta de um correcto acompanhamento às actividades dos balcões vai num crescendo com muitas chefias a não terem condições para melhor ajudar os coadjuvantes. Muitas dessas chefias, ex: as que passam os dias ao balcão deixando para trás o trabalho de retaguarda, quando reclamam são confrontadas com o quero-posso-mando de quem as coordena mas que, logo se desresponsabiliza habilidosamente, quando os problemas acontecem;
• A sobrecarga sobre os tesoureiros/exactores é de uma enormidade a toda a prova. O desgaste a que estão sujeitos estes trabalhadores “pau para toda a obra”, tem que terminar;
Estas são apenas algumas das situações que nos são relatadas todos os dias. Mas muitas mais existem e tu, que trabalhas nos balcões sabes bem quais são.
Nada do que te acontece é inocente. Faz tudo parte da descapitalização da empresa até na sua imagem junto das populações, faz tudo parte da destruição dos CTT Correios para que possam ficar com a marca CTT a servir de escudo ao Banco.
Os CTT continuam a dar lucro, porque é também o teu trabalho, muitas vezes sem condições, a criar esse lucro.
Mas, como deves saber, é muito mais que o lucro que vai parar ao bolso dos accionistas enquanto para ti, NADA. Isto não pode continuar.
A gestão dos CTT está descontrolada e urge pôr cobro ao desnorte antes que nada sobre da Empresa que também tu ajudaste a construir.
É POR ISSO QUE EXIGIMOS DOS PODER POLÍTICO
A REVERSÃO TOTAL DA PRIVATIZAÇÃO.
É por tudo isto que dia 23 de Fevereiro vamos estar em Greve. Motivos não nos faltam, verdade? Então junta-te à luta porque juntos, somos mais fortes.
SNTCT – A força de continuarmos juntos!
www.sntct.pt – www.facebook.com/sntct