Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações

CTT COMUNICADO CONJUNTO SINDICATOS 5 MAIO 2021

NEGOCIAÇÕES PARA A REVISÃO DA MATÉRIA SALARIAL DOS CTT

 

Abre aqui o comunicado em PDF » » » CTT Comunicado conjunto sindicatos 5 Maio 2021

 

Após 9 reuniões de negociações, realizou-se hoje dia 5 de Maio, a última reunião, na qual os CTT apresentaram a proposta final:

  • Remunerações até €1.069,96            –           €10,65          Efeitos a 1/1/2021
  • Remunerações de €1.069,97 até €1.441,41 –  €10,10          Efeitos a 1/1/2021
  • Remunerações de €1.441,42 até €2.843,67 –   € 9,50          Efeitos a 1/1/2021
  •  Admissão para o quadro até ao final do ano de 2021:

– De 100 trabalhadores para a categoria profissional de CRT.

– De 30 trabalhadores para a categoria profissional de TNG.

  • Actualização dos anexos III e IV tendo em conta o valor do SMN e dos aumentos acordados este ano.

  • P1 do 2º nível de qualificação e P0 do 3º nível de qualificação passam para 670€.
  • Encetar com as associações sindicais, a partir de janeiro de 2022, a discussão sobre o atual modelo de progressão salarial garantida, previsto na cláusula 68.ª do AE e no Anexo IV (quadro 1)
  • A partir de janeiro de 2022, serão estabelecidas conversações com as associações sindicais com vista a encontrar-se uma plataforma de entendimento em matéria de abono para falhas.

OS TRABALHADORES QUERIAM E MERECIAM MAIS

OS CTT TÊM CAPACIDADE FINANCEIRA PARA TEREM IDO MAIS LONGE, MAS FALTOU VONTADE POLÍTICA E SOBROU A SUBJUGAÇÃO AOS INTERESSES DOS ACCIONISTAS.

Dadas as circunstâncias estes Sindicatos decidiram DAR ACORDO, mas com o firme propósito de em 2022, com os trabalhadores, obrigarem à reposição dos salários justos que lhes são devidos dada a sua elevada qualificação, empenho e brio profissionais.

FAZÊMO-LO COM A FIRME DETERMINAÇÃO DE, ATÉ AO FINAL DESTE ANO, NOS EMPENHARMOS NA CRIAÇÃO DAS CONDIÇÕES QUE TÊM DE, NECESSARIAMENTE, LEVAR A QUE 2022 SEJA UM ANO DE EFECTIVA MUDANÇA DE PARADIGMA NOS CTT; OS ACCIONISTAS E OS GESTORES DOS CTT TÊM DE PERCEBER QUE OS TRABALHADORES SÃO O ACTIVO MAIS IMPORTANTE E INALIENÁVEL DA EMPRESA.

Lisboa, 5 de Maio de 2021

Partilhe esta notícia

Veja também...