Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações

Trabalhadores e aposentados dos CTT em defesa do IOS Contra a alteração ilegal levada a cabo pela administração.

Abra aqui o comunicado em formato PDF

Numa acção conjunta convocada por todas as ORT’s, decorreu neste sábado (20/Abril), em quatro capitais de Distrito (Coimbra, Faro, Lisboa e Porto) as concentrações que mobilizaram centenas de trabalhadores e aposentados dos CTT, contra a alteração ao Regulamento das Obras Sociais (IOS), unilateralmente imposta pela administração da empresa.

Quando os custos totais com o subsistema entre 2014 e 2023 aumentou 0.50M€, as contribuições dos beneficiários aumentaram no mesmo período 4.60M€, passando de 16.23 M€ para 20.10M€.

Apesar do aumento dos custos suportados pelos beneficiários, (de 34% para 44%) a empresa decidiu onerar ainda mais os trabalhadores e aposentados, transferindo ainda mais custos para quem trabalha, seja através do aumento da quota, seja na percentagem paga pelos beneficiários nos actos clínicos convencionados.

Em vésperas de Assembleia Geral dos CTT, (23 Abril) e por proposta da administração, irão ser distribuídos 24.5 Milhões de euros aos accionistas, dos 60.5 Milhões de euros de lucros obtidos em 2023.

É indecorosa esta transferência de custos para quem trabalha, quando a empresa obteve os lucros à custa do esforço dos trabalhadores.

A Luta em defesa do IOS vai continuar!

Na Assembleia Geral do SNTCT a realizar dia 25 Maio serão decididas novas formas de luta!

Veja também...