Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações

Reunião De Salários 24 De Maio Ao Abrigo Do Protocolo Do Act 2024

Abra aqui o comunicado em formato PDF

No dia 24 de Maio realizou-se a segunda reunião sobre princípios e critérios a considerar em futuras negociações da actualização salarial.
Na reunião ficou mais claro que o objectivo não é valorizar os trabalhadores e os respectivos salários. A fórmula proposta por uma organização sindical acolhida pela empresa não teve a sua concordância quanto aos valores calculados, não por falta de capacidade orçamental mas por falta de vontade.
No fundo o que esta proposta traria para o futuro seria a possibilidade de garantir o valor da inflação e nada mais.
A empresa volta a insistir que a negociação sobre salários sejam plurianual e desta forma diminuir o valor da contratação colectiva e da negociação na Altice. O SNTCT reafirma que qualquer discussão dos salários deve ser revista anualmente.
A contratação colectiva é um instrumento fundamental para os trabalhadores, de progresso social e solidariedade, cujos direitos conquistados pela luta determinada dos trabalhadores da Altice devem ser assegurados tanto para o presente como para o futuro, garantindo a sua manutenção para as gerações vindouras. O SNTCT não vai em truques!
A empresa tem condições para dar aumentos justos a todo os trabalhadores, mas prefere distribuir 9.5 milhões de euros em vários tipos de prémios que após a vida activa de cada um não vai contribuir na valorização da sua pensão.
É urgente repor o poder de compra, dos trabalhadores, perdido ao longo dos anos. Este é um dos critérios que o SNTCT defende para dignificar os trabalhadores e os seus salários.
Para o SNTCT é claro que a vida tem provado que não há alternativa à luta, que esta é decisiva para avançar, para aumentar salários, factores indispensáveis para garantir um futuro para os trabalhadores do Grupo Altice. É preciso uma política de gestão alternativa, que distribua a riqueza de forma justa, que respeite e valorize o trabalho e os trabalhadores.

PRÓXIMA REUNIÃO DIA 7 DE JUNHO

Veja também...